quarta-feira, 23 de Janeiro de 2008

Escola EB 2,3/S de Vila Flor


Duração da Prova: 90(Parte I)­+ 30 (Parte II) minutos. Ano Lectivo 2007/2008


Prova Escrita de Geologia

Parte I

A) Classifique cada uma das seguintes afirmações como verdadeira (V) ou falsa (F).

1- Alfred Wegener escreveu “Ideias novas sobre a formação das grandes estruturas da superfície terrestre (continentes e oceanos)”.

2- O Catastrofismo e o Permanentismo são correntes complementares na explicação dos relevos e da dinâmica terrestre.

3-A ideia da mobilidade continental proposta por Wegener colidia com as perspectivas permanentista e contraccionista.

4- Wegener escrevia em alemão, o que terá sido um obstáculo inicial para divulgar amplamente a sua obra.

5- Wegener apoiou a sua teoria recorrendo a argumentos geofísicos, geológicos, paleontológicos, paleoclimáticos e geodésicos.

6- Harold Jeffreys foi um grande apoiante da teoria de Wegener demonstrando matematicamente alguns dos argumentos propostos.

7- Harry Hess com a sua obra “Geopoesia” tentou demonstrar que as ideias de Wegener estavam erradas.

8- Os dados do paleomagnetismo vieram revelar que os continentes nunca estiveram reunidos no supercontinente Pangea.

9- O desenvolvimento da tecnologia do sonar veio apoiar a ideia de Wegener, que os fundos oceânicos são planos.

10- Nos limites tectónicos conservativos, em zonas de falhas transformantes, ocorre acreção e subducção da litosfera.

11- A Terra produz energia no seu interior – a geotermia.

12- A Radioactividade constitui uma das principais fontes de energia interna da Terra.

13- Os movimentos convectivos ou de convecção são cíclicos.

14- Os modelos de convecção do manto são ainda alvo de debate científico, existindo pelo menos três modelos.

15- A isostasia tenta explicar como se mantém o equilíbrio entre a litosfera e a astenosfera.

16- O degelo é um processo natural capaz de alterar o equilíbrio, originando anomalias isostáticas.

17- Resumindo, e de um modo simplista, verifica-se que se uma região perde massa, tenderá a recuperar o equilíbrio, elevando-se. (Escandinávia).

18- FAMOUS refere-se a “de French-American Mid-Ocean Undersea Study”.

19- A expansão dos fundos oceânicos não é constante, podendo a sua velocidade variar de 1 a 20 cm/ano.

20- Os oceanos são geologicamente mais jovens que os continentes.

21- O mergulho de uma placa oceânica sob outra placa oceânica forma um rifte oceânico.

22- As ilhas Marianas representam, em pleno oceano pacífico, um importante exemplo de um arco litosférico.

23- Um horst é uma depressão limitada por falhas.


24- Um graben é uma elevação limitada por falhas.

25- O Vale de Rifte do Este Africano é um limite tectónico convergente.

26- Os movimentos de abatimento da litosfera, em regiões de bacias sedimentares, designam-se por subsidência.

27- A formação dos diversos tipos de cadeias montanhosas designa-se Orogénese.

28-Os Andes são uma cadeia montanhosa de margem continental formada por subducção da litosfera oceânica.


29-A cadeia de Omã, na Península Arábica, é uma cadeia montanhosa formada por obducção da litosfera oceânica.

30-Os Himalaias são uma cadeia montanhosa formada pela colisão entre a Índia e a Ásia.

31- Actualmente admite-se que a Terra se tenha formado há cerca de 4600 M.a.

32- O ramo da Estratigrafia que estuda a distribuição temporal dos fósseis designa-se Biostratigrafia.

33- Os Ciclos de gelo-degelo são um método de datação absoluta.

34- As varvas ou varvitos formam-se em lagos de frente glaciária.

35- Um aumento na espessura do estrato mais claro, poderá significar ter existido um Verão mais longo.

36- A Biostratigrafia é um método de datação absoluta.

37- O Princípio da Sobreposição dos Estratos estabelece que estratos que apresentem o mesmo conjunto de fósseis terão a mesma idade.

38- A Dendrocronologia é um método de datação que se baseia no estudo do crescimento dos minerais nas rochas.

39- As datações radiométricas e a magnetostratigrafia são métodos de datação relativa.

40- As formas estáveis dos elementos químicos são designadas isótopos radioactivos.

41- O tempo necessário para que metade dos átomos-pai se transforme em átomos-filho é designado tempo de semi-vida.

42- A unidade biostratigráfica mais comum é designada por biozona.

43- O Princípio da Intersecção defende que toda a estrutura geológica que atrevesse outra é mais antiga do que a que é atravessada.

44- O Princípio da Horizontalidade Inicial defende que os estratos, aquando da sua formação, são horizontais e perpendiculares a superfície de deposição.

45- A unidade litostratigráfica fundamental é designada por formação.


Fim da Parte I

Sem comentários: